Página Inicial

Siga-nos:

16.11.2018

Opinião

"Uma cidade que gera um jogador fantástico como o GRANDE LEONARDO só pode ser uma cidade muito especial! OBRIGADO POR TUDO, PICOS! PERNAMBUCO JAMAIS ESQUECERÁ O FILHO DE VOCÊS! LEONARDO MARCOU ÉPOCA NO BRASIL INTEIRO! "


De: Sergio Silva em Recife, 04/03/2016 11:30:14h

[ Veja mais ]

Você está lendo a coluna: Brasil

VIOLÊNCIA

Caminhoneiro é morto com pedrada na cabeça em Rondônia

José Batistela tinha 70 anos e era morador de Jaru. Ele era casado e trabalhava de forma autônoma fazendo fretes com o caminhão

G1  

31/05/2018

Foto: reprodução

clique para ver a foto em tamanho real

Vítima tinha 70 anos e trabalhava como autônomo.

Um caminhoneiro identificado como José Batistela, de 70 anos, foi morto com uma pedrada na cabeça perto de um ponto de manifestação dos caminhoneiros grevistas na BR-364, na tarde desta quarta-feira (30), em Vilhena (RO). De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a vítima chegou a ser socorrida, mas não resistiu aos ferimentos.

 

Segundo informações iniciais da Polícia Rodoviária Federal (PRF), o veículo de José estaria passando pela rodovia, quando uma pessoa em um carro de passeio arremessou a pedra contra o parabrisa, que atravessou o vidro e atingiu a cabeça da vítima.

 

O Corpo de Bombeiros chegou a ir no local, mas a vítima não resistiu aos ferimentos.

 

Segundo um amigo da vítima, José não fazia parte do movimento grevista, mas respeitava o protesto dos caminhoneiros que já dura nove dias no estado de Rondônia.

 

Ele estava levando madeira para a cidade de Mirassol, no Mato Grosso, quando foi atacado. A família de José está em estado de choque, segundo informou um amigo que reside em Jaru.

 

Um pastor e amigo da família está acompanhando o trabalho de liberação do corpo em Vilhena. A previsão é que José seja velado na quinta-feira (31) na Igreja Metodista de Jaru, na Avenida Brasil.

 

Quem era a vítima

 

José Batistela tinha 70 anos e era morador de Jaru. Ele era casado e trabalhava de forma autônoma fazendo fretes com o caminhão.

 

O ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, anunciou, na noite desta quarta-feira, que está preso e prestando depoimento o principal suspeito da morte do caminhoneiro José Batistela, de 70 anos, atingido por uma pedrada na cabeça. Ele passava por uma manifestação na BR-364, que estava liberada para o tráfego, em Vilhena (RO). O ministro disse que o principal líder do protesto no qual o caminhoneiro foi ferido e morto também está detido.

 

Jungmann lamentou o que chamou de "equívoco da violência política" e afirmou que esse tipo de violência tenta desmobilizar a greve da categoria. Além disso, disse que vai "punir severamente" os envolvidos na morte do caminhoneiro. O suspeito foi preso pela Polícia Federal.

 

“Essa violência é um exemplo trágico do equívoco da violência política e da tentativa de se constranger, de se agredir e de se desnaturar um movimento que começou com reivindicações muitas delas justas e que foram em sua integralidade atendidas pelo governo” - disse o ministro.

 

Jungmann aproveitou para fazer um apelo: “Aqui fica um aviso: aqueles que cometeram esse crime vão ser punidos na forma da lei, e todos que venham a cometer crimes como esse ou similares, vamos procurar identificá-los e puni-los. É preciso fazer justiça”.




.:: ComentarCorrigirEnviar por e-mailImprimir ::.

Comentários desta matéria:

Não há comentários para a matéria no momento.

Outras desta mesma coluna:

01-11-2018 :: Moro aceita convite de Bolsonaro para ser ministro da Justiça

30-10-2018 :: Campanha de Haddad gastou 14 vezes mais do que a de Bolsonaro

29-10-2018 :: No bunker do PT clima de velório e declarações de guerra

29-10-2018 :: João Dória vence eleição em São Paulo

28-10-2018 :: Haddad vota em escola de São Paulo ao lado da mulher

28-10-2018 :: Bolsonaro vota no Rio de Janeiro com segurança reforçada

27-10-2018 :: Rosa Weber é relatora de inquérito contra Ciro Nogueira no STF

25-10-2018 :: Pesquisa mostra Bolsonaro com 56% e Haddad 44%

21-10-2018 :: Atos pró-Bolsonaro são realizados em várias cidades do país

18-10-2018 :: Bolsonaro ignora Ciro Nogueira e escolhe Elmano como aliado

16-10-2018 :: Jornalista Gil Gomes morre aos 78 anos em São Paulo

15-10-2018 :: Pesquisa BTG Pacutal mostra Bolsonaro com 59% e Haddad 41%

14-10-2018 :: Temer e aliados comemoram derrota de Dilma para Senado

13-10-2018 :: Bancada sindical perde representação na Câmara Federal

13-10-2018 :: Na estreia do horário eleitoral Bolsonaro ataca PT e Haddad ignora Lula

[ Todas desta coluna ]

edilson madereira - edilson madereira marquês frios - marquês frios Colégio Machado de Assis  - Machado de Assis Prefeitura Municipal de Picos - Prefeitura Municipal de Picos - Site Oficial edilson constutora  - edilson constutora dr.bezerrinha - dr.bezerrinha aaaa chaguinha - aaaa chaguinha Clínica Picoense  - Clínicas picoensw

© 2009 - Jornal de Picos - Todos os direitos reservados - E-mail: contato@jornaldepicos.com.br

Somente os artigos não assinados são de responsabilidade deste portal. Os demais, não representam necessariamente a opinião desta editoria e são de inteira responsabilidade de seus autores.