Página Inicial

Siga-nos:

19.11.2018

Opinião

"Uma cidade que gera um jogador fantástico como o GRANDE LEONARDO só pode ser uma cidade muito especial! OBRIGADO POR TUDO, PICOS! PERNAMBUCO JAMAIS ESQUECERÁ O FILHO DE VOCÊS! LEONARDO MARCOU ÉPOCA NO BRASIL INTEIRO! "


De: Sergio Silva em Recife, 04/03/2016 11:30:14h

[ Veja mais ]

Você está lendo a coluna: Política

MATÉ

Vereador cobra pagamento de dois meses dos contratados da educação

Débito com prestadores de serviços gira em torno de R$ 1,3 milhão e foi esquecido pelo prefeito de Picos

Por José Maria Barros  

12/09/2018

Foto: José Maria Barros

clique para ver a foto em tamanho real

Maté cobra pagamento de atrasados da Educação.

O vereador José de Arimateia Luz, o Maté (PSL), que integra a bancada de oposição, usou a tribuna da Câmara Municipal de Picos na última quinta-feira, 6, para cobrar ao prefeito Padre José Walmir de Lima (PT), o pagamento de dois meses de salário dos servidores contratados da Secretaria de Educação.

 

O débito gira em torno de R$ 1 milhão e 300 mil e é referente aos salários dos meses de outubro e novembro de 2014 dos prestadores de serviços lotados na Secretaria Municipal de Educação. Na época, o atual gestor era vice-prefeito e titular da pasta da Educação.

 

Segundo o vereador Maté, nas andanças que faz pelo município de Picos sempre escuta a lamentação dos prestadores de serviços, que ainda hoje cobram o pagamento dos dois meses de salários. Eles alegam que trabalharam e têm direito á remuneração.

 

Para o vereador Maté, o prefeito Padre Walmir somente não efetua o pagamento a esses prestadores de serviços porque não quer. “O mais grave é que na época ele dizia que não pagava porque o então prefeito Kléber Eulálio [agora conselheiro do TCE] não repassava o dinheiro. E agora, por que ele não paga, não é o prefeito”? – questiona o parlamentar.

 

Indicados por apadrinhamento político, esses prestadores de serviços lotados na Secretaria Municipal de Educação tiveram naquele ano os seus contratos encerrados no dia 30 de novembro. Eles foram dispensados sem receber o salário referente aos meses de outubro e novembro e até hoje não receberam o valor que lhe é de direito. Alguns voltaram a trabalhar na pasta, outros não.

 

Entenda o caso

 

No período em que comandou a Secretaria Municipal da Educação, o então vice-prefeito de Picos, Padre Walmir (PT), deixou de pagar aos servidores contratados da Educação os salários referentes aos meses de outubro e novembro de 2014. De acordo com ele próprio, o débito girava em torno de 1 milhão e 300 mil reais.

 

Segundo levantamento feito pelo Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Picos (Sindserm), no ano de 2014 a Secretaria da Educação tinha em seus quadros 614 contratados a título de serviço prestado. Todo esse pessoal trabalhou os meses de outubro e novembro, porém, nenhum deles recebeu os salários equivalentes. Eles percebiam em média um salário mínimo, cujo valor era R$ 780,00.

 

Outro lado

 

Sempre que era questionado sobre o atraso, o Padre Walmir (PT) reconhecia o débito e garantia que iria viabilizar o pagamento, mesmo que fosse parcelado. Depois de reeleito e empossado, esqueceu o assunto. O mesmo tem feito à secretária municipal da Educação, Rosilene Monteiro. Tratam como se a dívida não existisse.

 

.:: ComentarCorrigirEnviar por e-mailImprimir ::.

Comentários desta matéria:

Não há comentários para a matéria no momento.

Outras desta mesma coluna:

18-11-2018 :: Procurador Eleitoral emite parecer favorável à cassação do prefeito Padre Walmir pelo TRE

18-11-2018 :: Mainha foi quem mais recebeu recursos do fundo partidário no Piauí

17-11-2018 :: Afonsinho pede proibição de estacionamento de motos na Travessa Benedito Reinaldo

16-11-2018 :: Maria Santana rescinde contratos com prestadores de serviços

15-11-2018 :: Câmara de Picos aprova projeto que regulamenta gratificação do PMAQ

12-11-2018 :: TJ anula antecipação da eleição da mesa diretora da Câmara de Picos

09-11-2018 :: Câmara adia votação do projeto que regulamenta gratificação do PMAQ

08-11-2018 :: Ciro Nogueira vota a favor de reajuste salarial dos ministros do STF

05-11-2018 :: Ministério Público expede recomendação ao Padre Walmir

05-11-2018 :: Deputados do PTB querem João Vicente na presidência do partido

03-11-2018 :: Aliados do Padre Walmir querem assumir comando do PTB em Picos

02-11-2018 :: Estudantes promovem sabatina com vereadores pioenses

01-11-2018 :: Padre Walmir beneficia empresa do marido da suplente Creusa Nunes

01-11-2018 :: Nerinho deixará PTB caso Paes Landim continue na presidência

29-10-2018 :: Picoenses comemoram vitória de Jair Bolsonaro

[ Todas desta coluna ]

edilson madereira - edilson madereira dr.bezerrinha - dr.bezerrinha aaaa chaguinha - aaaa chaguinha marquês frios - marquês frios Clínica Picoense  - Clínicas picoensw edilson constutora  - edilson constutora Colégio Machado de Assis  - Machado de Assis Prefeitura Municipal de Picos - Prefeitura Municipal de Picos - Site Oficial

© 2009 - Jornal de Picos - Todos os direitos reservados - E-mail: contato@jornaldepicos.com.br

Somente os artigos não assinados são de responsabilidade deste portal. Os demais, não representam necessariamente a opinião desta editoria e são de inteira responsabilidade de seus autores.