Página Inicial

Siga-nos:

18.6.2019

Opinião

"Uma cidade que gera um jogador fantástico como o GRANDE LEONARDO só pode ser uma cidade muito especial! OBRIGADO POR TUDO, PICOS! PERNAMBUCO JAMAIS ESQUECERÁ O FILHO DE VOCÊS! LEONARDO MARCOU ÉPOCA NO BRASIL INTEIRO! "


De: Sergio Silva em Recife, 04/03/2016 11:30:14h

[ Veja mais ]

Você está lendo a coluna: Locais

NOVA CONSTRUTORA

Obras do novo Fórum de Picos serão retomadas

Desembargador Erivan Lopes assinou contrato com outra construtora nesta segunda-feira, 24 de setembro

Vitor Fernandes/Viagora  

24/09/2018

Foto: Ascom

clique para ver a foto em tamanho real

Presidente do TJ assina contrato com outra construtora.

O presidente do Tribunal de Justiça do Piauí (TJ-PI), desembargador Erivan Lopes, assinou nesta segunda-feira (24), contrato para a conclusão das obras do novo Fórum de Picos. As obras foram iniciadas em 2017, mas encontrou problemas na execução com a construtora Dantec. Agora a construtora RGE Ltda ficará responsável para concluir os trabalhos em 10 meses.

 

O contrato prevê a execução de serviços de conclusão da construção no novo Juizado Cível e Criminal da Comarca de Picos, em atendimento às novas demandas de uso e melhoria. O valor da conclusão dos serviços no Fórum, que conta com 34% da obra concluída, é de R$ 6,4 milhões. O Fórum terá dois pavimentos (térreo mais um andar), cinco Varas completas, um Juizado Cível e Criminal e um auditório para Tribunal do Júri.

 

Obra parada


A construção teve que ser interrompida, em razão do não cumprimento do contrato pela empresa Dantec Construções e Consultoria Técnica Ltda. Por atraso na construção da obra, 
a empresa respondeu processo administrativo no TJ-PI.

 

A Comissão de Processo Administrativo Disciplinar de Natureza Contratual opinou pelo reconhecimento da inexecução parcial do Contrato no 148/2016 e pela aplicação cumulativa das penas de advertência e de multa de 10% sobre o valor total contratado, que perfaz o total de R$ 881,8 mil. O Parecer foi acolhido em sua integralidade pela Secretaria Geral, mantendo a condenação. A empresa recorreu, mas teve seu recurso negado provimento.

 

Dantec chegou a atrasar salários dos trabalhadores. O Sindicato dos Trabalhadores da Indústria da Construção Civil de Picos (Sintricompi) chegou a emitir uma nota dizendo que a empresa estava fazendo retaliação aos funcionários que denunciavam a situação.

.:: ComentarCorrigirEnviar por e-mailImprimir ::.

Comentários desta matéria:

Não há comentários para a matéria no momento.

Outras desta mesma coluna:

13-06-2019 :: Vereador Chaguinha solicita Carro fumacê para zona leste

11-06-2019 :: HUT atendeu mais de duas mil pessoas vítimas de queda em 2019

07-06-2019 :: Picos registra baixas temperaturas durante a madrugada

05-06-2019 :: Prefeitura deixa de fornecer água e famílias estão praticamente passando sede.

03-06-2019 :: Motorista bate carro do Conselho Tutelar

31-05-2019 :: Bispos da CNBB Regional Nordeste 4 visitam comunidades e famílias impactadas pelos projetos econômicos do Piauí

30-05-2019 :: Chaguinha denuncia venda de refrigerante vencido em escola de Picos

29-05-2019 :: Com R$ 6 milhões atrasados, locadoras ameaçam recolher viaturas da Polícia

27-05-2019 :: Médicos paralisam atendimentos na rede estadual nesta segunda-feira

24-05-2019 :: Cansado de estrada esburacada, empresário banca recuperação da rodovia Picos-Santana

23-05-2019 :: Ministério Público denuncia Padre Walmir à Justiça

17-05-2019 :: Jovem picoense morre a espera de transplante de fígado

15-05-2019 :: Chuva não intimida e milhares saem às ruas de Picos em manifestação contra os cortes na educação

15-05-2019 :: Bombeiros capturam jacaré em estacionamento de shopping de Picos

15-05-2019 :: Será realizada em Picos a XVII Semana Nacional de Museus

[ Todas desta coluna ]

Alencauto - alencauto marquês frios - marquês frios breno - breno lamep - lamep

© 2009 - Jornal de Picos - Todos os direitos reservados - E-mail: contato@jornaldepicos.com.br

Somente os artigos não assinados são de responsabilidade deste portal. Os demais, não representam necessariamente a opinião desta editoria e são de inteira responsabilidade de seus autores.