Página Inicial

Siga-nos:

20.2.2019

Opinião

"Uma cidade que gera um jogador fantástico como o GRANDE LEONARDO só pode ser uma cidade muito especial! OBRIGADO POR TUDO, PICOS! PERNAMBUCO JAMAIS ESQUECERÁ O FILHO DE VOCÊS! LEONARDO MARCOU ÉPOCA NO BRASIL INTEIRO! "


De: Sergio Silva em Recife, 04/03/2016 11:30:14h

[ Veja mais ]

Você está lendo a coluna: Estadual

INVESTIGAÇÃO

MP investigará exercício ilegal de corretores de imóveis no Piauí

O profissional que atua na mediação, na compra, venda ou aluguel de imóveis precisa de autorização do Creci para trabalhar

Vitor Fernandes/Viagora  

09/02/2019

Foto: Ascom

clique para ver a foto em tamanho real

Representantes do Creci com Cleandro Moura.

O Ministério Público do Piauí investigará exercício ilegal de corretores de imóveis no estado. Com o intuito de debater ações preventivas e corretivas na comercialização de imóveis, o procurador-geral de Justiça do MP-PI, Cleandro Moura, reuniu-se com representantes do Conselho Regional dos Corretores de Imóveis (CRECI), nessa quinta-feira (7), na sede do MP-PI, localizada no centro de Teresina.

 

O profissional que atua na mediação, na compra, venda ou aluguel de imóveis precisa de autorização do Creci para trabalhar. “Temos cerca de 111 processos de denúncias de exercício ilegal da profissão de corretor de imóveis, de irregularidades na venda de loteamentos e de atrasos na entrega de imóveis. Esperamos que o MP dê encaminhamentos para nossas solicitações para que, juntos, possamos inibir o progresso dessas práticas delituosas”, destaca Nogueira Neto, presidente do Creci.

 

“Consideramos a pauta da nossa reunião de extrema relevância, pois a fiscalização deve ser recorrente e o Programa de Proteção e Defesa do Consumidor (PROCON) fará a análise dos documentos repassados ao MP”, diz Nivaldo Ribeiro, promotor de Justiça e coordenador do PROCON.

 

Cleandro Moura, procurador-geral de Justiça, afirma que a instituição encaminhará as denúncias para o Núcleo de Promotorias Criminais, que fará a distribuição entre as promotorias responsáveis pelas aplicações das medidas corretivas. Entre elas, a requisição da instauração de inquéritos policiais.

.:: ComentarCorrigirEnviar por e-mailImprimir ::.

Comentários desta matéria:

Não há comentários para a matéria no momento.

Outras desta mesma coluna:

15-02-2019 :: Reportagem da Folha de SP traz Fábio Xavier e candidata laranja do PR

13-02-2019 :: Governo do estado não dará aumento para os professores

12-02-2019 :: Justiça condena ex-gestores do Incra e do Emater do Piauí

12-02-2019 :: Governo do Estado propõe extinção de 19 órgãos

09-02-2019 :: MP investigará exercício ilegal de corretores de imóveis no Piauí

01-02-2019 :: Themistocles Filho é reeleito presidente da Assembleia Legislativa

30-01-2019 :: Procuradores pedem afastamento do diretor da Evangelina Rosa

28-01-2019 :: Bloco de oposição anuncia apoio a reeleição de Themístocles Filho

26-01-2019 :: Morre aos 88 anos ex-deputado Juarez Tapety

26-01-2019 :: MPT ajuíza ações contra empresas por atrasos a terceirizados

14-01-2019 :: Obras do Polo Têxtil de Piripiri serão aceleradas

10-01-2019 :: Governador nomeia novos agentes penitenciários

07-01-2019 :: Assessor de Fábio Novo preside associação que já movimentou mais de R$ 2 milhões

01-01-2019 :: Advogado Celso Barros Neto toma posse na presidência da OAB

18-12-2018 :: Assembleia analisa projeto que defende anistia de multas para motociclistas

[ Todas desta coluna ]

Clínica Picoense  - Clínicas picoensw edilson constutora  - edilson constutora Prefeitura Municipal de Picos - Prefeitura Municipal de Picos - Site Oficial lamep - lamep aaaa chaguinha - aaaa chaguinha Colégio Machado de Assis  - Machado de Assis facim 01 oficial  - facim 01 oficial marquês frios - marquês frios edilson madereira - edilson madereira

© 2009 - Jornal de Picos - Todos os direitos reservados - E-mail: contato@jornaldepicos.com.br

Somente os artigos não assinados são de responsabilidade deste portal. Os demais, não representam necessariamente a opinião desta editoria e são de inteira responsabilidade de seus autores.