Página Inicial

Siga-nos:

26.5.2019

Opinião

"Uma cidade que gera um jogador fantástico como o GRANDE LEONARDO só pode ser uma cidade muito especial! OBRIGADO POR TUDO, PICOS! PERNAMBUCO JAMAIS ESQUECERÁ O FILHO DE VOCÊS! LEONARDO MARCOU ÉPOCA NO BRASIL INTEIRO! "


De: Sergio Silva em Recife, 04/03/2016 11:30:14h

[ Veja mais ]

Você está lendo a coluna: Municípios

Saúde

Vigilância epidemiológica de Picos notifica casos suspeitos de caxumba

.

.  

14/03/2019

.

clique para ver a foto em tamanho real

saúde

A Vigilância Epidemiológica de Picos, foi notificada da suspeita de casos suspeitos de caxumba no município.

De acordo com o coordenador da pasta, Robsoncley Viana, os pacientes são funcionários de uma empresa localizada no centro da cidade.

“Estamos fazendo o levantamento dos casos, para confirmar ou descartar a doença. E assim implementar medidas de bloqueio da transmissão, entre os funcionários e na comunidade onde os mesmos residem. A caxumba é uma infecção viral aguda de contagio por vias aéreas”, disse o enfermeiro.

Uma das medidas a serem tomadas é a vacinação, em pessoas adultas que ainda não forma vacinadas quando criança. Os insumos estão disponíveis nos postos de vacinação do município para todos.

“Qualquer pessoa pode procurar pela vacina, que é a tríplice viral que imuniza contra o sarampo, rubéola e caxumba. Vamos tomar medidas a fim de evitar um surto no município”, explicou o coordenador.

A doença

Caxumba é uma infecção viral que afeta as glândulas parótidas – um dos três pares de glândulas que produzem saliva. As parótidas estão situadas entre suas orelhas e à frente delas. Contudo, também pode afetar as glândulas submandibulares e sublinguais, todas próximas dos ouvidos.

As complicações da caxumba são raras, e geralmente acontecem quando a pessoa contrai a doença na vida adulta. Não há tratamento específico para caxumba, por isso é importante prevenir seu aparecimento com a vacinação.

Os principais sintomas da doença são febre, dor na face e aumento do volume das glândulas salivares. Ela também pode provocar dor no corpo e na cabeça. Complicações mais graves são raras, mas podem ocorrer, entre elas inflamação nos testículos (orquite), inflamação nos ovários (ooforite) em mulheres acima de 15 anos, inflamação do pâncreas (pancreatite) e inflamação que envolve cérebro e meninges (meningoencefalite).

A caxumba é causada por um vírus, que se espalha de pessoa para pessoa por meio de saliva infectada. Se você não tomou a vacina, pode contrair caxumba ao conversar muito próximo da pessoa infectada, beijá-la ou então compartilhar utensílios como talheres, copos e pratos.

.:: ComentarCorrigirEnviar por e-mailImprimir ::.

Comentários desta matéria:

Não há comentários para a matéria no momento.

Outras desta mesma coluna:

16-05-2019 :: Alerp homenageia mulheres com colares de "pérolas"

08-04-2019 :: Vários prefeitos já confirmaram presença na XXII Marcha em Defesa dos Municípios

05-04-2019 :: DER inicia obra para dar trafegabilidade à BR 316

30-03-2019 :: Vereadores de oposição solicitam mutirão de cirurgias eletivas

22-03-2019 :: TJ derruba bloqueio de R$ 10 milhões do governo para a PI-245 que liga Itainópolis a Picos

20-03-2019 :: Justiça bloqueia R$ 10 milhões do Piauí para retomada das obras da PI-245

15-03-2019 :: TCE-PI bloqueia as contas de 15 prefeituras municipais

15-03-2019 :: Themístocles anuncia concurso para a Assembleia Legislativa do Piauí

14-03-2019 :: Vigilância epidemiológica de Picos notifica casos suspeitos de caxumba

08-03-2019 :: Estrada de Santana do Piaui está intrafegável

08-03-2019 :: Prefeito de Picos contrata escritório jurídico sem licitação

27-02-2019 :: Zé Luis inaugura calçamento na Lagoa dos Félix

27-02-2019 :: Aeamp lança site em Picos

26-02-2019 :: Câmara de Picos gastará R$ 43.770,00 com aquisição de cartuchos

25-02-2019 :: Mãe de Afonsinho é nomeada para Assessora Especial da Câmara de Picos

[ Todas desta coluna ]

breno - breno marquês frios - marquês frios Alencauto - alencauto lamep - lamep

© 2009 - Jornal de Picos - Todos os direitos reservados - E-mail: contato@jornaldepicos.com.br

Somente os artigos não assinados são de responsabilidade deste portal. Os demais, não representam necessariamente a opinião desta editoria e são de inteira responsabilidade de seus autores.