Página Inicial

Siga-nos:

16.9.2019

Opinião

"Uma cidade que gera um jogador fantástico como o GRANDE LEONARDO só pode ser uma cidade muito especial! OBRIGADO POR TUDO, PICOS! PERNAMBUCO JAMAIS ESQUECERÁ O FILHO DE VOCÊS! LEONARDO MARCOU ÉPOCA NO BRASIL INTEIRO! "


De: Sergio Silva em Recife, 04/03/2016 11:30:14h

[ Veja mais ]

Você está lendo a coluna: Geral

Frente

Aprovada criação da Frente Parlamentar do Matopiba

.

22/08/2019

agencia

clique para ver a foto em tamanho real

Senador Elmano

Foi aprovada por unanimidade nesta quarta-feira,21,  na Comissão de Desenvolvimento Regional (CDR), a criação da Frente Parlamentar do Matopiba. O senador Elmano Férrer (PODEMOS-PI), titular da Comissão, destacou a importância do aprimoramento da legislação federal para atuar na defesa dos estados do Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia, área com grande potencial pela crescente produtividade e agricultura de alta tecnologia.

 

“É uma medida importante porque essa Frente Parlamentar formada por senadores dos quatro estados vão fazer as modificações e os ajustes necessários à legislação existente no sentido de permitir a apresentação de projetos de Lei para dotar essa região, com as caraterísticas idênticas, da infraestrutura necessária ao desenvolvimento, como estradas, energia e agências bancárias financeiras ao desenvolvimento do agronegócio”, afirmou o senador Elmano Férrer.

 

A Frente Parlamentar do Matopiba tem a finalidade de promover amplo debate no Congresso Nacional, com participação dos mais diversos segmentos da sociedade, visando a aprimorar a legislação federal para atuar em defesa e na promoção da região que compreende o bioma Cerrado dos estados do Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia.

 

“Nós falamos no Matopiba há muito tempo, desde quando era secretário de Planejamento de Teresina. Essa região desponta com um futuro promissor, sendo que também enfrenta grandes desafios para se consolidar como símbolo da agricultura moderna e sustentável do Brasil”, disse o senador.

 

A região do Matopiba é formada por 337 municípios nos quais, segundo levantamento do Grupo de Inteligência Estratégica (GITE) da Embrapa, há cerca de 324 mil estabelecimentos agrícolas, 46 unidades de conservação, 35 terras indígenas e 781 assentamentos de reforma agrária. Assim, as políticas públicas voltadas para a região são complexas e envolvem múltiplos desafios econômicos, sociais e ambientais.

.:: ComentarCorrigirEnviar por e-mailImprimir ::.

Comentários desta matéria:

Não há comentários para a matéria no momento.

Outras desta mesma coluna:

15-09-2019 :: Bom Jesus terá superintendência da Caixa Econômica Federal

15-09-2019 :: Quase 800 mil trabalhadores no PI podem sacar o FGTS a partir de hoje

13-09-2019 :: Secretários de Fazenda apresentam sugestões à reforma tributária

09-09-2019 :: Medida Provisória altera Lei da Meia Entrada

09-09-2019 :: Plenário da Câmara pode votar MP que facilita venda de bens apreendidos do tráfico

06-09-2019 :: Mulheres vencem os desafios do AGTech

04-09-2019 :: Prefeitura emite nota de esclarecimento sobre repasse de recursos públicos da saúde

30-08-2019 :: Veto de Bolsonaro cai e Fake News dá até 8 anos de cadeia no Brasil

29-08-2019 :: Piauí adotará placas padrão Mercosul a partir da próxima segunda

23-08-2019 :: PRF apreende carga de madeira sem licença ambiental em Picos

22-08-2019 :: Aprovada criação da Frente Parlamentar do Matopiba

20-08-2019 :: Motorista perde controle em curva e veículo tomba na BR-407 em Geminiano

13-08-2019 :: Homem morre ao bater moto na traseira de carreta na rodovia BR-230, em Oeiras

12-08-2019 :: Municípios têm R$ 4 bilhões em projetos parados em Brasília

09-08-2019 :: Iracema Portella destina R$ 14,5 milhões para o custeio da saúde no PI

[ Todas desta coluna ]

dario - dario disnomed - disnomed Gutenberg - gutenberg uniaselvi - uniaselvi lamep - lamep marquês frios - marquês frios otica kika - otica kika procords - procordis Alencauto - alencauto

© 2009 - Jornal de Picos - Todos os direitos reservados - E-mail: contato@jornaldepicos.com.br

Somente os artigos não assinados são de responsabilidade deste portal. Os demais, não representam necessariamente a opinião desta editoria e são de inteira responsabilidade de seus autores.