Warning: mysql_result() [function.mysql-result]: Unable to jump to row 0 on MySQL result index 12 in /home/storage/a/dc/17/jornaldepicos/public_html/noticia_detalhe.php on line 144

Warning: mysql_result() [function.mysql-result]: Unable to jump to row 0 on MySQL result index 12 in /home/storage/a/dc/17/jornaldepicos/public_html/noticia_detalhe.php on line 145

Warning: mysql_result() [function.mysql-result]: Unable to jump to row 0 on MySQL result index 12 in /home/storage/a/dc/17/jornaldepicos/public_html/noticia_detalhe.php on line 146

Warning: mysql_result() [function.mysql-result]: Unable to jump to row 0 on MySQL result index 12 in /home/storage/a/dc/17/jornaldepicos/public_html/noticia_detalhe.php on line 147

Warning: mysql_result() [function.mysql-result]: Unable to jump to row 0 on MySQL result index 12 in /home/storage/a/dc/17/jornaldepicos/public_html/noticia_detalhe.php on line 148
Jornal de Picos :: Notícias de Picos e macrorregião
Página Inicial

Siga-nos:

07.4.2020

Opinião

"Uma cidade que gera um jogador fantástico como o GRANDE LEONARDO só pode ser uma cidade muito especial! OBRIGADO POR TUDO, PICOS! PERNAMBUCO JAMAIS ESQUECERÁ O FILHO DE VOCÊS! LEONARDO MARCOU ÉPOCA NO BRASIL INTEIRO! "


De: Sergio Silva em Recife, 04/03/2016 11:30:14h

[ Veja mais ]

Você está lendo a coluna: Locais

Picos sedia oficina de planejamento para estruturar a Rota do Mel no Piauí

picos40graus 

04/12/2019

A Capital do Mel agora faz parte da Rota do Mel no Brasil. Um evento realizado nesta terça-feira, 03, em Picos, do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), discute estratégias e ações para estruturar a cadeia produtiva de mel na região.

A oficina teve início por volta das 09h30 no auditório do Centro Integrado de Atendimento ao Cidadão (CIAC) e reúne representantes do setor apícola, instituições e acadêmicos.

São parceiros da iniciativa o Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (Fida); o Banco do Nordeste (BNB); a Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf); a Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste (Sudene); a Casa Apis; a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa); o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae); o Instituto Federal do Piauí; o governo estadual; e o Projeto Viva o Semiárido.

O objetivo da Rota do Mel é promover o desenvolvimento regional por meio do fortalecimento de arranjos produtivos locais (APLs) associados à apicultura, meliponicultura e produtos das abelhas, em regiões de baixa e média renda do Brasil. Atualmente, há quatro unidades já em atuação: Polo de Apicultura do Norte de Minas Gerais (MG); Polo do Mel de Jandaíra (RN); Polo do Mel do Pampa Gaúcho (RS); e Polo do Mel dos Campos de Cima da Serra (RS).

“O projeto vai dar continuidade aos investimentos do governo federal no setor na região. O mesmo foi iniciado em 2005, com a central de cooperativa Casa Apis, que hoje é uma das maiores importadoras de mel do país. Queremos retomar as ações de tecnologia e buscar trazer os investimentos necessários para a expansão e fortalecimento dessa cadeia produtiva”, disse Vitarque Coelho, coordenador de sistemas produtivos e inovativos do Ministério do Desenvolvimento Regional.

Fomento

A Rota do Mel faz parte do programa Rotas de Integração Nacional, que atua com redes interligadas de APLs para promover inovação, diferenciação, competitividade e lucratividade de empreendimentos associados. Isso ocorre a partir da coordenação de ações coletivas e iniciativas de agência de fomento. As Rotas atuam de acordo com diretrizes da Política Nacional de Desenvolvimento Regional (PNDR) e são parte das estratégias do MDR para a inclusão produtiva e o desenvolvimento de regiões.

Atualmente, há dez tipos de Rotas: do Açaí; da Biodiversidade; do Cacau; do Cordeiro; da Economia Circular; da Fruticultura; do Leite; do Mel; do Peixe; e da Tecnologia da Informação e Comunicação. Os 35 polos fundados atuam efetivamente em mais de 600 municípios das cinco regiões do País.

Somente no ano de 2019, foram descentralizados mais de R$ 13,5 milhões para a execução de 19 projetos selecionados conforme critérios técnicos em parceria com empresas públicas como a Codevasf, universidades, institutos federais, secretarias de Estado, consórcios municipais, entre outros executores.

 

.:: ComentarCorrigirEnviar por e-mailImprimir ::.

Comentários desta matéria:

Não há comentários para a matéria no momento.

Outras desta mesma coluna:

07-04-2020 :: Viana se filia ao PSL e quer ser candidato a prefeito de Picos

06-04-2020 :: Rotarianos doam cestas básicas para familias carentes

06-04-2020 :: Covid 19 mantem estável no Piaui

04-04-2020 :: Rotary Clube de Picos faz campanha para doar cestas básicas

04-04-2020 :: Banco do Brasil fecha uma de suas agências em Picos

02-04-2020 :: Câmara de Picos quer resposta imediata da Saúde quanto à atuação do HRJL no atendimento ao Corona Virus

02-04-2020 :: Não registrou nenhum caso confirmado do COVID-19 em Picos

01-04-2020 :: Prefeito de Alegrete do Piauí doa salário para aquisição de cestas básicas

01-04-2020 :: Covid-19: Sobe número de pacientes suspeitos em Picos

01-04-2020 :: Governo estuda isentar conta de luz de consumidores de baixa renda

31-03-2020 :: Piauí confirma quarta morte por Covid-19; vítima é empresário de Parnaíba

31-03-2020 :: Prefeitura de Parnaíba vai recorrer da decisão de juíza para reabrir comércio

30-03-2020 :: Profissionais da Inspetoria de Picos apoiam Ulisses para presidente do CREA Piaui

26-03-2020 :: Deputado quer tributar fortunas e destinar a arrecadação para combate à pandemia

25-03-2020 :: Criança morre com suspeita de covid-19 em hospital de São Raimundo Nonato

[ Todas desta coluna ]

© 2009 - Jornal de Picos - Todos os direitos reservados - E-mail: contato@jornaldepicos.com.br

Somente os artigos não assinados são de responsabilidade deste portal. Os demais, não representam necessariamente a opinião desta editoria e são de inteira responsabilidade de seus autores.