Página Inicial

Siga-nos:

15.12.2017

Opinião

"Uma cidade que gera um jogador fantástico como o GRANDE LEONARDO só pode ser uma cidade muito especial! OBRIGADO POR TUDO, PICOS! PERNAMBUCO JAMAIS ESQUECERÁ O FILHO DE VOCÊS! LEONARDO MARCOU ÉPOCA NO BRASIL INTEIRO! "


De: Sergio Silva em Recife, 04/03/2016 11:30:14h

[ Veja mais ]

Você está lendo a coluna: Brasil

TRIPLEX DO GUARUJÁ

Tribunal mantém bloqueio de R$ 16 milhões de Lula

Além do bloqueio de R$ 16 milhões, estabelecido como dano mínimo, a Justiça determinou o sequestro do apartamento

G1  

28/11/2017

Foto: Globo

clique para ver a foto em tamanho real

Justiça mantém bloqueio de 16 milhões de Lula.

O Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) negou, em sessão nesta terça-feira (28), recurso da defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para dar sequência ao mandado de segurança que solicita o desbloqueio de bens do político, condenado a 9 anos e seis meses de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro no processo da Lava Jato envolvendo o triplex em Guarujá.

 

Além do bloqueio de R$ 16 milhões, estabelecido como dano mínimo, a Justiça determinou o sequestro do apartamento. O ex-presidente também teve bloqueados mais de R$ 600 mil de contas bancárias e cerca de R$ 9 milhões que estavam depositados em dois planos de previdência privada.

 

O recurso usado pela defesa foi o agravo regimental, com objetivo de garantir o julgamento do mandado de segurança. Porém, a 8ª Turma do TRF4 decidiu, por unanimidade, não dar sequência a essa análise. No entendimento dos desembargadores federais na segunda instância, o levantamento do bloqueio de bens deve ser requerido em primeira instância, em Curitiba.

 

Segundo o desembargador relator João Gebran Gebran, o instrumento processual correto para o pedido de levantamento de bens é o "incidente de restituição de coisas apreendidas" e não o "mandado de segurança".

 

Os advogados de Lula solicitaram o desbloqueio dos bens no dia 7 de novembro. Foi o segundo pedido, após terem tido negada solicitação anterior, ingressada em 20 de julho.

 

O pedido de bloqueio foi feito pelo Ministério Público Federal (MPF) em outubro de 2016, antes da sentença que condenou o ex-presidente. O despacho em que o juiz Sérgio Moro autorizou o bloqueio do dinheiro é de 14 de julho deste ano.

 

Segundo a defesa, o bloqueio dos bens é ilegal. Dentre os fundamentos apresentados está a contradição do juiz Sergio Moro, que, apontam os advogados, justificou o bloqueio mediante a afirmação de que eles poderão ser necessários para garantir eventual ressarcimento da Petrobras no futuro.

 

Para a defesa, o recurso também demonstra que o Ministério Público Federal (MPF) não provou qualquer ato de Lula que pudesse indicar que ele tivesse a intenção de desfazer de seu patrimônio.

 

.:: ComentarCorrigirEnviar por e-mailImprimir ::.

Comentários desta matéria:

Não há comentários para a matéria no momento.

Outras desta mesma coluna:

12-12-2017 :: Justiça marca para 24 de janeiro julgamento de recurso de Lula

12-12-2017 :: Tiririca usou dinheiro público em viagens para shows de humor

08-12-2017 :: Kadafi abasteceu campanha de Lula com US$ 1 milhão

05-12-2017 :: Julgamento de Lula na 2ª instância deve ocorrer antes da campanha

04-12-2017 :: Suicídio de reitor da UFSC põe Polícia Federal sob suspeita

04-12-2017 :: Bolsonaro empregou ex-mulher e parentes dela no Legislativo

29-11-2017 :: Comissão de Ética abre investigação contra ministra Luislinda

28-11-2017 :: Tribunal mantém bloqueio de R$ 16 milhões de Lula

25-11-2017 :: PGR pede condenação de Gleisi Hoffmann e Paulo Bernardo

25-11-2017 :: Ministério da Educação realiza Enade 2017

24-11-2017 :: Inflação acumulada até novembro é a menor desde 1998

22-11-2017 :: Anthony Garotinho e Rosinha Mateus são presos no Rio

21-11-2017 :: Presidente da OAB de São Paulo denuncia mazelas do Judiciário

19-11-2017 :: Comissão da JBS poderá pedir a prisão de Janot

18-11-2017 :: Ciro Nogueira indica Alexandre Baldy para Ministério das Cidades

[ Todas desta coluna ]

Governo do PI - Governo do Piaui dr.bezerrinha - dr.bezerrinha ello moda  - ELLO MODA Prefeitura Municipal de Picos - Prefeitura Municipal de Picos - Site Oficial advogado chagas  - advogado chagas lamep(dr.bosco) - lamep

© 2009 - Jornal de Picos - Todos os direitos reservados - E-mail: contato@jornaldepicos.com.br

Somente os artigos não assinados são de responsabilidade deste portal. Os demais, não representam necessariamente a opinião desta editoria e são de inteira responsabilidade de seus autores.