Página Inicial

Siga-nos:

15.12.2017

Opinião

"Uma cidade que gera um jogador fantástico como o GRANDE LEONARDO só pode ser uma cidade muito especial! OBRIGADO POR TUDO, PICOS! PERNAMBUCO JAMAIS ESQUECERÁ O FILHO DE VOCÊS! LEONARDO MARCOU ÉPOCA NO BRASIL INTEIRO! "


De: Sergio Silva em Recife, 04/03/2016 11:30:14h

[ Veja mais ]

Você está lendo a coluna: Brasil

DIÁRIAS DE VIAGENS

Comissão de Ética abre investigação contra ministra Luislinda

O procedimento de investigação será aberto por receber diárias de viagens sem a correspondente atividade de trabalho

Agência Brasil  

29/11/2017

Foto: reprodução

clique para ver a foto em tamanho real

Ministra é investigada.

A Comissão de Ética Pública da Presidência vai abrir procedimento investigatório contra a ministra Luislinda Valois, dos Direitos Humanos, a mesma que pediu para receber R$ 61,4 mil sob alegação de trabalho escravo. O procedimento de investigação será aberto por receber diárias de viagens sem a correspondente atividade de trabalho.

 

A ministra precisa prestar contas das diárias de viagens recebidas e a Comissão vai apurar se ela fazia isso. Ele terá dez dias para apresentar sua defesa ao colegiado.

 

Outro caso


A ministra Luislinda Valois ficou reconhecida pelo pedido para receber a somatória da sua aposentadoria como desembargadora e o salário como ministra de Estado. As duas rendas juntas totalizam R$ 61,4 mil, o que extrapola o teto constitucional pelo qual nenhum servidor pode receber mais do que um ministro do Supremo. O valor do teto é de R$ 33,7 mil.

 

Trecho do requerimento revelado pela Coluna mostra os argumentos utilizados pela ministra para conseguir tal objetivo. Luislinda diz que o fato de ter o salário glosado “sem sombra de dúvidas, se assemelha ao trabalho escravo, o que também é rejeitado, peremptoriamente, pela legislação brasileira desde os idos de 1888 com a Lei da Abolição da Escravatura”. Ela chegou a citar a Lei Áurea.

 

A informação repercutiu em jornais do mundo todo, em especial na França e em Portugal. No Brasil, há um abaixo assinado pedindo a demissão dela do cargo. O presidente Michel Temer não se manifestou sobre o assunto.

 

Luislinda justifica no documento que, por causa da regra do abate-teto, pela qual nenhum servidor ganha mais do que um ministro do Supremo, seu salário de ministra cai para R$ 3.292 brutos. O de desembargadora, de R$ 30.471,10, é preservado.

 

Em entrevista ela afirmou que precisa da totalidade do seu salário porque o cargo lhe exige comprar maquiagem e roupas. “Eu tenho minhas despesas aqui. Eu como desembargadora aposentada eu posso botar a minha sandália Havaiana e ir em qualquer lugar em Salvador. Mas como ministra de Estado eu não posso fazer isso, então já vem mais custo”, justificou.

.:: ComentarCorrigirEnviar por e-mailImprimir ::.

Comentários desta matéria:

Não há comentários para a matéria no momento.

Outras desta mesma coluna:

12-12-2017 :: Justiça marca para 24 de janeiro julgamento de recurso de Lula

12-12-2017 :: Tiririca usou dinheiro público em viagens para shows de humor

08-12-2017 :: Kadafi abasteceu campanha de Lula com US$ 1 milhão

05-12-2017 :: Julgamento de Lula na 2ª instância deve ocorrer antes da campanha

04-12-2017 :: Suicídio de reitor da UFSC põe Polícia Federal sob suspeita

04-12-2017 :: Bolsonaro empregou ex-mulher e parentes dela no Legislativo

29-11-2017 :: Comissão de Ética abre investigação contra ministra Luislinda

28-11-2017 :: Tribunal mantém bloqueio de R$ 16 milhões de Lula

25-11-2017 :: PGR pede condenação de Gleisi Hoffmann e Paulo Bernardo

25-11-2017 :: Ministério da Educação realiza Enade 2017

24-11-2017 :: Inflação acumulada até novembro é a menor desde 1998

22-11-2017 :: Anthony Garotinho e Rosinha Mateus são presos no Rio

21-11-2017 :: Presidente da OAB de São Paulo denuncia mazelas do Judiciário

19-11-2017 :: Comissão da JBS poderá pedir a prisão de Janot

18-11-2017 :: Ciro Nogueira indica Alexandre Baldy para Ministério das Cidades

[ Todas desta coluna ]

Prefeitura Municipal de Picos - Prefeitura Municipal de Picos - Site Oficial lamep(dr.bosco) - lamep dr.bezerrinha - dr.bezerrinha advogado chagas  - advogado chagas ello moda  - ELLO MODA Governo do PI - Governo do Piaui

© 2009 - Jornal de Picos - Todos os direitos reservados - E-mail: contato@jornaldepicos.com.br

Somente os artigos não assinados são de responsabilidade deste portal. Os demais, não representam necessariamente a opinião desta editoria e são de inteira responsabilidade de seus autores.