Página Inicial

Siga-nos:

19.9.2018

Opinião

"Uma cidade que gera um jogador fantástico como o GRANDE LEONARDO só pode ser uma cidade muito especial! OBRIGADO POR TUDO, PICOS! PERNAMBUCO JAMAIS ESQUECERÁ O FILHO DE VOCÊS! LEONARDO MARCOU ÉPOCA NO BRASIL INTEIRO! "


De: Sergio Silva em Recife, 04/03/2016 11:30:14h

[ Veja mais ]

Você está lendo a coluna: Política

NOTA DE ESCLARECIMENTO

Padre Walmir nega que tenha aumentado taxa de iluminação pública

Em nota prefeito de Picos afirma que alíquota atual é a mesma aprovada durante a gestão de Gil Paraibano

JP on line  

27/12/2017

Foto: Jornal de Picos

clique para ver a foto em tamanho real

Padre Walmir diz que não autorizou aumento na taxa de iluminação pública.

Em nota divulgada ontem no site do Palácio Coelho Rodrigues, o prefeito de Picos, Padre José Walmir de Lima (PT), nega que tenha aumentado à alíquota da taxa de iluminação pública. Ele garante ainda que sequer enviou algum projeto para Câmara de Vereadores solicitando o aumento da referida taxa.

 

O Padre Walmir ressalta na nota que sua administração não alterou a alíquota e nem aprovou nova tabela. Segundo ele, a alíquota que tem é de 2011, aprovada durante a gestão do ex-prefeito Gil Marques de Medeiros, o Gil Paraibano (PP).

 

O aumento de mais de 100% na taxa de iluminação pública cobrada nos talões referentes ao mês de novembro, provocou indignação entre os consumidores picoenses. Vários segmentos da sociedade civil organizada já procuraram os vereadores e uma audiência pública está marcada para o dia 5 de janeiro para tratar sobre o assunto.

 

Confira, abaixo, a nota da Prefeitura Municipal de Picos.

 

Sobre o aumento da Taxa de Contribuição da Iluminação Pública, a Prefeitura de Picos esclarece que não aumentou a alíquota e sequer mandou algum projeto para Câmara Municipal, solicitando o aumento da referida taxa.

 

A Prefeitura pediu apenas que a Eletrobrás atenda o que foi aprovado do Anexo I da Emenda à Lei 2378/2010, em 2011, pela Câmara Municipal de Picos.

 

O referido projeto apresentado pelo prefeito Padre Walmir Lima visava atender a discrepância, no entendimento da Lei, que o parágrafo 1º do Artigo 7º da Lei suscitava dúvida no tocante à duplicidade de entendimento acerca da alíquota a ser utilizada, justificando assim a retirada dos dizeres “multiplicação” e “tarifa”, uma vez que a Lei não definiu a tarifa a ser aplicada.

 

A Prefeitura esclarece ainda que 27% das residências picoenses não pagam iluminação pública. Picos possui 30 mil unidades consumidoras residenciais. Destas, 8 mil são isentas, 6.771 pagam a taxa mínima de R$ 9,99 e somente 849 unidades consumidoras pagam mais de R$ 80,00. As demais estão dentro da variável que paga de R$ 21,00 a R$ 63,00.

 

A Eletrobrás cobrava da Prefeitura de Picos que se fosse feito um reajuste como determina a Lei, que diz que a partir do ano de 2011 seria definido mediante aplicação, sobre os valores definidos no artigo 7º, da variação da inflação anualmente.

 

Porém, o prefeito Padre Walmir, preocupado com o bem estar social da população picoense, não apresentou o projeto de mudança de alíquota na Câmara Municipal. Apesar de que em janeiro de 2012 o município de Picos pagava de iluminação pública R$ 141 mil e em janeiro de 2017 o município passou a pagar R$ 239 mil, ou seja, as despesas de energia do município aumentaram e as alíquotas continuaram com preços de 2011.

 

Por fim, a administração de Padre Walmir não alterou a alíquota e nem aprovou nova tabela. A alíquota que tem é de 2011, aprovada durante a gestão do ex-prefeito Gil Paraibano.

.:: ComentarCorrigirEnviar por e-mailImprimir ::.

Comentários desta matéria:

LUISA CUNHA :: luisamckunha@hotmail.com
177.66.113.180 :: 27-12-2017 :: 18:29:49
A alíquota foi definida na gestão do ex prefeito Gil , isso o Padre Valmir sabe falar , porem as casas do conjunto Lousinho Monteiro também foram aquisição do governo de Gil , mais isso o Padre não fala.

Outras desta mesma coluna:

18-09-2018 :: Deputado Nerinho intensifica a campanha com caminhadas nos mais diversos bairros de Picos

18-09-2018 :: Wellington Dias lidera nova pesquisa em Teresina

17-09-2018 :: Padre Walmir chama Ciro de golpista e declara apoio a Wilson

17-09-2018 :: Severo Eulálio se reúne com aliados e anuncia propostas

15-09-2018 :: Padre Walmir diz que prefere o silêncio após ataques dos adversários

13-09-2018 :: Deputado Fábio Novo lança candidatura em Picos

13-09-2018 :: Belê Medeiros faz corpo a corpo com eleitores do Morro da AABB

12-09-2018 :: Deputados picoenses têm pedidos de registros deferidos pelo TRE

12-09-2018 :: Vereador cobra pagamento de dois meses dos contratados da educação

11-09-2018 :: Nerinho realiza caminhada nos bairros Passagem das Pedras e Boa Vista

10-09-2018 :: Mainha já recebeu mais de R$ 1 milhão e meio para campanha eleitoral

10-09-2018 :: Ciro percorre cinco cidades da região em busca de apoios

09-09-2018 :: Empresário Carlos Jereissati doa R$ 150 mil para Pablo Santos

09-09-2018 :: Belê Medeiros reforça compromissos de campanha

08-09-2018 :: Wellington Dias diz que acredita na vitória em primeiro turno

[ Todas desta coluna ]

aaaa chaguinha - aaaa chaguinha marquês frios - marquês frios edilson madereira - edilson madereira dr.bezerrinha - dr.bezerrinha Clínica Picoense  - Clínicas picoensw edilson constutora  - edilson constutora Prefeitura Municipal de Picos - Prefeitura Municipal de Picos - Site Oficial Colégio Machado de Assis  - Machado de Assis

© 2009 - Jornal de Picos - Todos os direitos reservados - E-mail: contato@jornaldepicos.com.br

Somente os artigos não assinados são de responsabilidade deste portal. Os demais, não representam necessariamente a opinião desta editoria e são de inteira responsabilidade de seus autores.