Página Inicial

Siga-nos:

20.9.2018

Opinião

"Uma cidade que gera um jogador fantástico como o GRANDE LEONARDO só pode ser uma cidade muito especial! OBRIGADO POR TUDO, PICOS! PERNAMBUCO JAMAIS ESQUECERÁ O FILHO DE VOCÊS! LEONARDO MARCOU ÉPOCA NO BRASIL INTEIRO! "


De: Sergio Silva em Recife, 04/03/2016 11:30:14h

[ Veja mais ]

Você está lendo a coluna: Municípios

JULGAMENTO

TRE nega recurso que pedia cassação do prefeito de Geminiano

O Julgamento foi realizado na última terça-feira, dia 6, e por maioria a corte rejeitou o recurso interposto

JP on line  

09/03/2018

Foto: Ascom

clique para ver a foto em tamanho real

Prefeito de Geminiano é mantido no cargo pelo TRE.

Em sessão judiciária ordinária realizada na manhã da última terça-feira, 6, o Tribunal Regional Eleitoral do Piauí (TRE-PI), rejeitou recurso interposto pela coligação “A vitória da força do povo” e negou o pedido de cassação do mandato do prefeito de Geminiano, Erculano Edmilson de Carvalho (PP) e do seu vice, Luiz Gonzaga Filho Pinheiro (Solidariedade).

 

A decisão do TRE diz respeito a uma Ação de Investigação Judicial Eleitoral (AIJE), ajuizada pela coligação “A vitória da força do povo”, formada pelos partidos do MDB e PSD. A aliança tinha como candidato a prefeito Manoel Borges de Moura, o Marli (MDB), que ficou em segundo lugar.

 

Segundo apurou a reportagem do JP on line, na ação o candidato Marli alegou corrupção ou fraude eleitoral na cota de gênero, fatos que teriam comprometido a lisura do pleito, vencido por Erculano Edmilson de Carvalho com uma maioria de 492 votos.

 

Em sentença prolatada no dia 20 de setembro do ano passado o juiz da 62ª Zona Eleitoral, com sede em Picos, José Airton Medeiros de Sousa, julgou improcedente a denúncia. Insatisfeito, Marli recorreu ao TRE-PI, mas a corte em julgamento realizado na última terça-feira manteve a decisão de primeira instância.

 

Decisão

 

O relator do processo foi o juiz federal Daniel Santos Rocha Sobral, que se manifestou pela manutenção da sentença de primeiro grau e foi seguido pela maioria dos membros da corte.

 

“Resolveu o tribunal, à unanimidade, nos termos do voto do relator e de acordo, em parte, com parecer ministerial, acolher a preliminar de ilegitimidade passiva da coligação – Junto podemos fazer muito mais – e rejeitar as preliminares de inépcia da inicial e a de ilegitimidade passiva dos candidatos recorridos aos cargos majoritários. No mérito, por maioria nos termos do voto do relator e em dissonância com o parecer do Procurador Regional Eleitoral conhecer e negar provimento ao recurso para manter a decisão vergastada. Vencido Antônio Lopes de Oliveira votou em consonância com o parecer ministerial pelo provimento do recurso” – detalha a decisão da corte.

 

Resultado das eleições

 

Candidato pela coligação “Juntos podemos fazer muito mais”, composta pelos partidos do PP, PDT e Solidariedade, Erculano Edmilson de Carvalho (PP) venceu as eleições de geminiano com 2.578 votos, equivalente a 54,58% dos votos válidos.

 

O segundo colocando foi o candidato da coligação “A vitória da força do povo”, formada pelos partidos do MDB e PSD, Manoel Borges de Moura, o Marli (MDB). Nas urnas ele conquistou 2.086 votos, ou seja, 44,17% dos votos válidos. O último colocado foi Edmundo dos Santos Galvão (PSOL), que obteve apenas 59 votos, ou 1,25% dos votos válidos.

.:: ComentarCorrigirEnviar por e-mailImprimir ::.

Comentários desta matéria:

Não há comentários para a matéria no momento.

Outras desta mesma coluna:

19-09-2018 :: Jovens que estavam desaparecidos são encontrados mortos em Simões

14-09-2018 :: Procurador apura suspeitas de abuso de poder de Chico Carvalho

12-09-2018 :: Sussuapara não atinge meta de vacinação contra pólio e sarampo

03-09-2018 :: MP recomenda a Pé Trocado que implante Política Socioeducativa

01-09-2018 :: Prefeito do PT adere ao tucano Luciano Nunes

30-08-2018 :: Prefeito de Isaias Coelho usa Decreto de Emergência para contratar empresa

30-08-2018 :: Tony Borges ganha ação no TJ por unanimidade

28-08-2018 :: Prefeito de Bocaina vai gastar R$ 346 mil em material de expediente

27-08-2018 :: TCE julga amanhã contas do prefeito de Sussuapara

27-08-2018 :: MP investiga prefeito Renato por coação a servidores públicos

21-08-2018 :: MPF pede condenação do ex-prefeito Adriano Passos

17-08-2018 :: Prefeito de Bocaina continua extrapolando gastos com pessoal

15-08-2018 :: Prefeita de Santana do Piauí garante que pagará diferença salarial a professor

14-08-2018 :: TCE bloqueia FPM de São José do Piauí

11-08-2018 :: Juíza condena Prefeitura de Santana do Piauí pagar 11 mil a professor

[ Todas desta coluna ]

edilson madereira - edilson madereira edilson constutora  - edilson constutora marquês frios - marquês frios dr.bezerrinha - dr.bezerrinha Prefeitura Municipal de Picos - Prefeitura Municipal de Picos - Site Oficial Clínica Picoense  - Clínicas picoensw aaaa chaguinha - aaaa chaguinha Colégio Machado de Assis  - Machado de Assis

© 2009 - Jornal de Picos - Todos os direitos reservados - E-mail: contato@jornaldepicos.com.br

Somente os artigos não assinados são de responsabilidade deste portal. Os demais, não representam necessariamente a opinião desta editoria e são de inteira responsabilidade de seus autores.