Logo

MUITO DINHEIRO

Assessor de Fábio Novo preside associação que já movimentou mais de R$ 2 milhões

Assessor já tem passagem pela Polícia Civil acusado por crime de estupro de vulnerável em junho de 2014

Portal AZ  

07/01/2019

Foto: reprodução

clique para ver a foto em tamanho real

Fabrício Torres e Fávio Novo.

Por ironia do destino ou semelhança com a vida real, após o episódio ainda não esclarecido, envolvendo o filho do presidente Jair Bolsonaro, Flávio Bolsonaro, com as movimentações financeiras suspeitas de seu assessor, o motorista Fabrício Queiroz, apontadas pelo Coaf (Conselho de Controle de Atividades Financeiras), um caso semelhante chegou ao Piauí.

 

Caiu como uma bomba nas redes sociais durante este fim de semana, um dossiê envolvendo o deputado estadual reeleito e ex-secretário de Cultura do Estado, Fábio Novo (PT) e um assessor lotado em seu gabinete, Fabrício Pereira Torres.

 

De acordo com os documentos divulgados em grupos de whatsApp, Fabrício, além de liderança política de Novo é também presidente da Associação dos Filhos e Amigos de Bom Jesus, responsável por entre outras coisas, realizar o famoso Festival da Rabeca de Bom Jesus. De acordo com os documentos, a associação presidida por Fabrício já chegou a receber mais de R$ 2 milhões. 

 

Os dados também apontam o recebimento de valores advindos de caixa federal, na forma de patrocínio pelo Banco do Nordeste do Brasil, que em 04/09/2014 liberou R$ 50.000,00 para a AFABJ promover o VII Festival de Rabecas e, em 03/04/2015 liberou R$ 20.000,00 para a mesma associação promover o Teatro da Paixão ano XI, bem como da Caixa Econômica Federal, que procedeu à inexigibilidade de licitação para patrocínio ao evento Teatro da Paixão, no valor de R$ 19.250,00, conforme autorização ap 951/2015 (DOU de 01/04/2015).

 

O dossiê aponta ainda que o suposto assessor de Fábio Novo tem passagem pela Polícia Civil por crime de estupro de vulnerável em junho de 2014.

Servidor comissionado da Assembleia Legislativa do Piauí, o contracheque de Fabrício aponta vantagens de R$ 6.500 mensais.

 

O Portal AZ entrou em contato com o deputado Fábio Novo para esclarecer o caso, mas ele não atendeu as ligações.

 


© 2009 Jornal de Picos — Todos os direitos reservados. E-mail: jornaldepicos@jornaldepicos.com.br